IRPF 2018: precisa declarar o saque das contas inativas?

Se você se enquadra nas exigências da Receita Federal para a declaração do IRPF 2018 e fez o saque da conta inativa do FGTS no ano passado, terá que informar esse valor. Ele não será cobrado no imposto, mas mesmo assim é preciso declarar.

Em seu computador ou dispositivo móvel, abra o Programa Gerador da Declaração e faça o seguinte:

  • O FGTS inativo deve ser declarado no campo “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis”, na linha 4 (indenizações por rescisão de contrato de trabalho, inclusive a título de PDV, e por acidente de trabalho; e FGTS);
  • Inclua o nome da Caixa Econômica Federal como fonte pagadora;
  • Informe o CNPJ da Caixa: 360.305/0001-04.

 

Usou o FGTS para comprar imóveis?

Se você usou, lembre-se de informar os dados da compra do imóvel na ficha Bens e Direitos, no campo “Discriminação”.

Mais

Comentários