Seguro sob demanda para veículo

O seguro sob demanda é uma nova opção para quem não quer ficar sem cobertura para seu veículo mas está com o orçamento apertado. Ou pra quem não tá mais usando o carro todos os dias por conta do isolamento social.

Autorizado a funcionar há pouco tempo pela Susep (Superintendência de Seguros Privados), o seguro sob demanda está sendo comercializado por várias seguradoras com nomes diferentes: seguro sob demanda, seguro on demand, seguro auto pré-pago, seguro pay per use (seguro pago por uso), entre outros.

Quer saber como funciona o seguro sob demanda? Vamos te explicar!

Leia também:

Serviços on-line para mudar seu jeito de consumir

Como funciona o cashback? Vamos explicar

Saiba o que fazer se seu carro parou num alagamento

Bancos oferecem prorrogação de dívidas de financiamentos

 

O que é um seguro sob demanda

É a contratação de seguro para veículos com tempo determinado. Em vez de pagar por uma proteção anual, você pagará pelas coberturas apenas nos momentos em que você estipular. Por meio de um aplicativo, o dono do veículo escolhe quando deseja ativar ou desativar o seguro.

A cobertura pode ser por horas, dias e até por minutos. Ou por período intermitente. Ou seja, o carro só terá cobertura enquanto estiver na estrada, por exemplo.

Vantagens deste seguro

O preço. Algumas seguradoras afirmam que, na comparação com o modelo tradicional de seguro, a economia é, em média, de 50%, podendo chegar a 80% dependendo do uso do veículo.

Como contratar o seguro sob demanda

A maioria é vendida por aplicativo. Você baixa nas lojas do smartphone o aplicativo de uma seguradora que está trabalhando com a modalidade sob demanda e faz a contratação pelo próprio aparelho.

Há duas recomendações antes de efetivar a contratação: verificar se a seguradora está autorizada a comercializar apólices sob demanda pela Susep e, assim, não correr o risco de ficar no prejuízo; e conversar com um corretor para saber se esse tipo de seguro compensa pra você.

Coberturas

Depende do que oferecem as seguradoras em cada tipo de seguro e o que o dono do veículo quer. Há coberturas para roubo, furto, perda total, avarias e danos materiais a terceiros e assistência 24 horas. E pode haver franquia.

Seguro só para estrada

Uma das opções de seguro sob demanda é o que garante indenização somente para sinistros na estrada. Se você não tem nenhuma cobertura para o seu veículo e irá viajar, é uma opção contratar esta modalidade.

Mas, atenção: só haverá cobertura em caso de perda total do veículo e não há nenhum tipo de assistência. Ou seja, se o carro quebrar na viagem, não terá direito a guincho.

Outro detalhe é que algumas seguradoras limitam os veículos que podem ter este seguro, como só com valor de mercado até R$ 30 mil.

Quem contratar este tipo de seguro, antes de sair para a viagem terá de acionar a cobertura por meio de aplicativo, indicando seu ponto de partida e o destino.

Vistoria digital

Algumas seguradoras exigem a vistoria digital para a contratação do seguro sob demanda. Mas é simples. Basta seguir as orientações da empresa de seguros e enviar as fotos do veículo.

Como pagar o seguro sob demanda

Algumas seguradoras estão trabalhando sob o sistema de crédito, bem parecido com o celular pré-pago, sabe? O dono do veículo, depois de baixar o aplicativo da seguradora, compra crédito e faz a ativação do seguro dentro das condições contratadas.

Quando os créditos estiverem acabando, é necessária nova recarga.

A cobertura pode ser desligada (assim como o consumo de créditos) quando estiver, por exemplo, com o carro na garagem de casa.

Indenização

No caso de ocorrer um sinistro, o dono do veículo deve comunicar a seguradora (geralmente pelo aplicativo) e será feito todo o procedimento nos mesmos moldes do seguro convencional.

É bom lembrar que as indenizações são pagas após 30 dias da entrega de toda a documentação por parte do segurado.

Mais

Comentários