Nome limpo para realizar sonhos

Quem tem o nome limpo, tem crédito. E crédito é algo mais valioso do que dinheiro, pois dá condições de sonhar com a casa própria, o carro novo, celular, roupa nova, aquela viagem tão desejada…

Mas muitos consumidores acabam não conseguindo manter o nome limpo, seja por ter “emprestado” o nome (cartão ou o cheque), ou por causa de um imprevisto, como um problema de saúde ou a perda do emprego.

Tem também quem acabe com o nome sujo quando são vítimas de fraudes ou golpes.

Mas todas essas situações têm solução! Hoje temos dicas da Boa para você sair desse buraco e não cair mais nessa roubada.

Conheça seu orçamento

Antes de comprar a prazo você precisa pensar se vai conseguir pagar mais esta prestação no mês. Lembre-se que mesmo sendo prestações de valores baixos, quando somadas a outras podem ficar um valor total difícil de pagar.

Por isso é importante que você fique de olho no seu orçamento doméstico. Uma Boa é esta “Cartilha do Orçamento Doméstico”, grátis e fácil de utilizar. Aproveite!

Pense na data do pagamento

Outra coisa importante para pensar antes de fazer uma dívida, é em qual data você terá dinheiro para pagá-la. Peça sempre para que o vencimento seja para este dia, assim você não corre o risco de atrasar.

Também ajuda se você marcar num calendário que você vê sempre o dia do vencimento de seu carnê ou da fatura do cartão. Assim, é mais fácil lembrar de pagar em dia, evitando juros e multas.

Não empreste seu nome

Só você deve fazer compras em seu nome. Não empreste cheque ou cartão de crédito, mesmo que quem esteja pedindo seja um familiar ou um amigo.

Não fique com medo de perder o amigo ou brigar com o familiar ao dizer “não”. Se disser “sim” e a pessoa não pagar, vai brigar do mesmo jeito, ainda pode perder o dinheiro e às vezes até o nome limpo!

Agora, o que fazer se “emprestou seu nome” e a pessoa não pagou as compras?

O primeiro passo é pedir para essa pessoa pagar. Se ela não fizer isso, procure a empresa credora e tente negociar a dívida o quanto antes, para evitar juros.

Quitar o que foi acordado é a única forma de evitar que seu nome suje e seu Score (pontuação de crédito) caia. Quer saber seu Score agora? Clique aqui.

Consulte seu nome. É grátis!

Procure saber sempre se seu nome está (ou continua) limpo.

Você pode consultar aqui mesmo no portal do Consumidor Positivo, da Boa Vista. É rápido, simples e você pode consultar quantas vezes quiser. Aliás, fazer esse acompanhamento regulamente é a melhor forma de cuidar do seu nome limpo.

Seu nome está sujo?

Entre em contato com a empresa para a qual está devendo, para quitar a dívida ou renegociar as condições. Todo credor prefere que no lugar de uma dívida crescendo, haja um acordo em dia com o consumidor. E a melhor maneira de manter seu CPF limpo (a empresa credora que deve solicitar a exclusão de seu nome dos cadastros de devedores, como o SCPC).

Não esqueça de pedir um documento que comprove o pagamento e o pedido de regularização de seu nome.

A dívida é de cheque sem fundos

Peça no seu banco informações sobre o número, o valor e a data do cheque que foi reapresentado.

Veja se anotou no seu talão de cheques para quem você entregou o cheque (sempre anote no canhoto).

Aí procure a pessoa ou a empresa que recebeu o cheque para regularizar o débito e recuperá-lo.

Com o cheque na mão, escreva uma carta (o gerente do banco pode ajudar na redação).

Junte o original do cheque, pague as taxas bancárias da devolução do cheque e protocole uma cópia destes documentos no banco para regularização no Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos (CCF).

E se a empresa que você deve não existe mais?

Há solução também para esta situação. É um pouco trabalhoso, mas vale a pena para ter o nome limpo, né?

Este é o caminho:

  1. Na Junta Comercial peça uma Certidão de Breve Relato confirmando o “encerramento das atividades”.
  2. Faça um depósito do valor da dívida em consignação, conforme determina o artigo 890 do Código de Processo Civil.
  3. Peça a expedição de ofício ou mandado para dar baixa da pendência no cadastro de vendedores.
  4. Se o problema for com cheque devolvido, você pode procurar o Banco Central para pedir a regularização.
Não deu para pagar a prestação

Não espere receber cobranças para tomar uma atitude. Procure a empresa credora e tente negociar o valor que ficou em aberto.

Se conseguir chegar em um acordo, o contrato de renegociação serve para retirar seu CPF dos cadastros de inadimplência.

Os bancos são obrigados a dar atendimento especial a clientes que estão com capacidade de pagamento reduzida, decorrente de situações comprovadas de desemprego, alteração substantiva nas remunerações ou rendimentos, morte, doença grave ou divórcio. As regras são da Febraban e estão em vigor desde 2017.

Evite fraudes em seu nome

Se seus documentos ou talão de cheques forem furtados, roubados ou extraviados, comunique o fato o mais rápido possível à Boa Vista. No serviço gratuito SOS Cheques e Documentos.

Aí a Boa Vista informa aos comerciantes que seus documentos podem estar em mãos alheias. Essa informação dificulta o uso deles para fraudes e golpes.

A Boa Vista trabalha para que todos os cidadãos tenham acesso ao crédito e, numa BOA, possam usá-lo de forma consciente para realizar seus sonhos.

Quer mais dicas como esta? Fique ligado no Boa Vista no Facebook.

Posts relacionados

Por quanto tempo guardar contas pagas?

Aquela gaveta cheia de comprovantes de pagamentos de contas pode ser esvaziada uma vez por ano! Como e quando fazer isso? A Boa Vista vai te explicar! Contas de serviços As de água, energia elétrica, gás e telefone podem ser jogadas fora a partir do momento em que a empresa encaminhar a declaração anual de…

Como economizar no supermercado

As compras do mês pesam no bolso? Você não está sozinho! A Boa Vista começa hoje o 1º artigo da série: “Como economizar no supermercado”, dicas da Boa para você ir às compras do mês sem prejudicar seu orçamento.   Defina um limite no orçamento doméstico Determine um valor máximo para as compras de supermercado…

Como vai funcionar o novo Cadastro Positivo e o que você ganha com isso.

O que é o Cadastro Positivo É um banco de dados que registra o histórico de pagamento dos consumidores, o que inclui as contas do dia a dia como água, luz e telefone. A lei existe desde 2011 e entrou em vigor em 2013, mas exigia que o consumidor fosse atrás de se cadastrar para…