Poupança

Fonte: Uol Economia disponível em http://economia.uol.com.br/financas-pessoais/guias-financeiros/guia-saiba-como-investir-dinheiro-na-poupanca.htm

 

Como funciona a poupança

Uma poupança pode ser aberta por qualquer pessoa em uma agência bancária, por meio de um gerente.

Os documentos necessários são RG, CPF e comprovante de residência. O dinheiro aplicado pode ser retirado em qualquer momento.

A quantidade mínima necessária para iniciar o investimento varia de acordo com os bancos.

 

Rendimento

O rendimento da poupança é mensal, sendo atualizado sempre na data de abertura (aniversário).

As regras de rendimento da poupança mudaram em maio de 2012. Sempre que a Selic (taxa básica de juros) estiver em 8,5% ou menos ao ano, a poupança rende 70% da Selic, mais a TR (Taxa Referencial).

Para os depósitos feitos antes de 3 de maio de 2012, o rendimento continua sendo o antigo, de 0,5% ao mês (ou 6,17% ao ano), mais a variação da TR (Taxa Referencial, calculada e divulgada diariamente pelo Banco Central).

 

Riscos

A poupança é um investimento de baixo risco. O principal problema aí está associado à eventual falência do banco onde está aplicado o dinheiro.

Nesse caso, o Fundo Garantidor de Créditos garante ao investidor o valor de até R$ 250 mil. Ou seja, alguém que tenha R$ 50 mil irá recuperar tudo. Porém, se a pessoa tiver R$ 300 mil, nesta situação, perderá R$ 50 mil.

——————————————————————————————————————–

Fonte: Guia Bolso disponível em https://blog.guiabolso.com.br/2015/12/21/entenda-como-funciona-a-poupanca-2/

 

Quais as taxas de juros da poupança que estão envolvidas com o rendimento?

Você já aplicou algum valor na poupança? Tem ideia de quais taxas de juros estão ligadas ao valor de rendimento? Desde a sua criação até os dias de hoje a poupança tem sido uma das opções mais seguras de investimento pela sua solidez e certeza de rendimento, mesmo que o mínimo comparado com outros produtos bancários seja mais baixo, como os de renda fixa, por exemplo.

 

Talvez por possuir muitos benefícios e garantias fazem com que esta seja a forma de investimento mais escolhida. Por outro lado, a sua facilidade de contratação também pode ser um fator pela sua alta adesão. Em contrapartida, a maioria das pessoas desconhecem como os rendimentos são calculados, elas tem ciência apenas que existe um valor de juros a ser acrescido mensalmente.

Para desmistificar o cálculo da taxa de juros da poupança selecionamos as três variáveis que implicam no cálculo do valor. Confira a explicação detalhada de cada uma!

 

Data de aniversário da sua conta poupança

O rendimento da poupança é calculado mensalmente de acordo com a data do primeiro depósito. Em outras palavras, recomendamos que os depósitos sejam sempre feitos na mesma data. Se você recebe o seu salário todo dia 5, uma boa sugestão é realizar os seus pagamentos nesta data e reservar um percentual para aplicar na poupança todo dia 6, por exemplo.

Neste exemplo, a data de aniversário da sua poupança será o dia 6, ou seja, no mês seguinte neste mesmo dia será calculado os seus rendimentos e aplicados ao montante. Recomendamos também que os saques sejam realizados depois da data de aniversário.

 

Selic

Em maio de 2012 as regras da poupança mudaram e ficou da seguinte forma; sempre que a taxa básica de juros (Selic) estiver menor ou igual a 8,5% os rendimentos da poupança serão 70% da Selic mais a Taxa Referencial. Caso a taxa Selic seja maior que 8,5% valerá o cálculo antigo, instituído antes de maio de 2012, onde o rendimento anual é de de 6,17%, ou seja, 0,5% ao mês mais a TR, que é calculada e divulgada diariamente no site do BACEN (Banco Central).

 

Taxas administrativas

A caderneta é isenta da cobrança de impostos, mas dependendo da instituição bancária escolhida para abertura da sua conta-poupança pode existir uma quantidade máxima de depósitos, saques e movimentações mensais, a partir desta quantidade pré-estipulada com o seu banco poderão haver cobranças de taxas. Portanto, fique atento ao contrato de serviços firmado com o seu banco para saber o número de transações contratadas.

 

Tarifas

Não existem tarifas no pacote básico de uma conta poupança. Segundo o Conselho Monetário Nacional existem alguns serviços que são essenciais e devem ser gratuitos. São eles:

  • Cartão para movimentação da conta poupança
  • 2 saques por mês (no caixa da agência ou terminais de autoatendimento)
  • 2 transferências por mês para outras contas de mesma titularidade
  • 2 extratos consolidados mensais
  • Consultas gratuitas do extrato na internet
  • Extrato anual consolidado (geralmente entregues em fevereiro para o titular)
  • Saques realizados em terminais de autoatendimento dentro de 30 minutos devem ser considerados um único evento

Caso seja excedido este limite estabelecido em contrato, no momento da abertura da conta, pode ser cobrada uma taxa pelo serviço excedente. Recomendamos que você verifique o contrato ou converse com o seu gerente bancário para entender estas cobranças e evitar que sejam computadas tarifas desnecessárias.

 

Como investir na poupança e ter sucesso com isso?

É muito fácil investir na poupança, quase todos os brasileiros tem a cultura de que, quando precisam poupar dinheiro, ela é a melhor forma. Não é raro ouvir histórias de pais que durante a infância dos filhos abriram uma conta-poupança, assim quando as crianças crescerem possam escolher entre uma boa faculdade ou a compra de um carro.

Uma dica é prestar atenção nos saques e resgates fora da data de aniversário da conta. Isso porque os saques em outras datas implicam no cálculo dos rendimentos do mês feitos em cima do menor valor. Por exemplo, se você mantiver 3 mil reais na sua caderneta e por algum motivo realizar um saque de 2 mil, o cálculo dos rendimentos será feito com base no menor valor, ou seja 1 mil reais.

Outro aspecto que deve ser levado em consideração refere-se a uma lei 12.703 criada em 2012, que possui como regra estabelecer a data de aniversário postergada para o 1º dia do mês seguinte os depósitos realizados nos dias 29, 30 e 31. Deve-se tomar cuidado para não realizar saques na data anterior ao aniversário da conta, recomendamos que os saques devam ser feitos 1 dia útil após a data do aniversário.

Sugerimos que você verifique a data de aniversário da sua conta poupança no extrato do seu banco. Em muitos casos, os bancos permitem que sejam feitos depósitos em diferentes datas, outros bancos sugerem a abertura de novas contas, caso a data do aporte seja diferente da data de aniversário.

Para que o exemplo acima não ocorra, recomendamos que você concentre as suas aplicações sempre na mesma data. Existem bancos que oferecem o serviço de programação automática do investimento. Neste caso, o valor estipulado por você será debitado da sua conta corrente e transferido para a conta poupança na data programada.

 

Como funcionam os resgates da poupança?

O objetivo da poupança pode mudar com o decorrer do tempo, principalmente porque a caderneta é um investimento de longo tempo, sem prazo para expirar. Se durante este tempo você precisar sacar parte dos seus investimentos fique atento em algumas regras básicas sobre os tipos de resgastes.

Como é possível ter uma poupança com múltiplas datas de investimentos, no caso de um saque o valor não será integralmente descontado de uma data de aniversário. Existe uma regra simples para o cálculo dos rendimentos deste saque; o valor será sempre retirado do primeiro saldo de depósitos feitos a partir de 2012, quando entrou em vigor a nova regra de remuneração e caso seja necessário do saldo antigo (anterior a 3 de maio de 2012).

E no caso do saque que você realizar irá utilizar o valor proporcional a nova regra, o débito será abatido da remuneração das parcelas que já completaram a data de aniversário. Em seguida, o banco descontará sobre o valor das parcelas que ainda não fizeram aniversário, garantindo assim o máximo de rentabilidade.

O mesmo exemplo é válido no caso de investimentos, imagine que você deposite no mesmo mês uma quantia em três datas diferentes. Por exemplo, realizou um saque de mil reais nos dias 1, 2 e 5, mas precisou resgatar dois mil reais no dia 3 do mês seguinte. Este débito será feito com base nos saques dos dias 1 e 2 automaticamente porque eles completaram aniversário, os mil reais seguintes serão preservados na conta para que possa completar aniversário no dia 5, se não houver novos saques.

Por causa destas atualizações mensais existem algumas dicas importantes para não perder a rentabilidade da aplicação realizando um saque na data errada. Confira!

 

Menor saldo do período

A rentabilidade será sempre calculada em cima do menor valor. Se você começar o mês com R$5.000 e depois efetuar o saque de R$4.000, os rendimentos serão calculados em cima do valor de R$1.000. Este exemplo mostra que débitos fora da data de aniversário podem prejudicar significativamente a rentabilidade da sua poupança.

 

Subcontas ou múltiplas contas

Alguns bancos exigem que os depósitos na conta poupança sejam realizadas em apenas uma data, outros oferecerem o serviço de transferência automática para a poupança na data que você programar. Mas depositando em datas diferentes em algumas instituições você cria várias contas e o sistema sempre irá priorizar o saque do montante que já tiver completado aniversário.

 

Dias úteis e não úteis

Caso a data de aniversário do seu investimento não for um dia útil, não saque no dia anterior. A regra simples é que os débitos sejam sempre realizados um dia após o aniversário ou no dia útil subsequente. Esperar o próximo dia útil irá garantir que você saque sem perder os juros.

 

 

Comentários

Comentários

Posts relacionados

Cadastro Positivo: o que você precisa saber sobre o que vem por aí.

Já está no Senado uma proposta de lei que mudará a forma como você vai participar do Cadastro Positivo. Hoje, é preciso solicitar a participação e, a partir daí, o mercado poderá conhecer seus hábitos de pagamento e você terá a oportunidade de se mostrar um bom pagador. Se essa nova lei for aprovada, o…

Boa Vista Indica: curso gratuito de Educação Financeira da ENDC

Você sabe como é difícil equilibrar o orçamento doméstico para passar o mês, certo? Pagar contas básicas, separar uma parte do salário para compras no mercado e despesas com saúde, além de muitas outras questões financeiras. Pensando nisso, o Consumidor Positivo tem uma ótima dica para você: de 6 a 26 de junho de 2017,…

Prepare-se: o pagamento das contas inativas do FGTS começa hoje

Trabalhadores que possuem contas inativas do FGTS já podem sacar o valor contido nelas a partir de hoje na Caixa Econômica Federal. No total, são 49,6 milhões de contas que, juntas, têm um saldo de mais de R$ 43 bilhões. Só neste mês, a previsão é que sejam sacados R$ 6 bilhões. Para ajudar no…