Perdeu um documento? Veja passo a passo do que fazer

A perda de documentos pode trazer grandes dores de cabeça. Não importa se você os perdeu em algum lugar ou se foi vítima de furto ou roubo. Para todas estas situações, certamente o resultado é a possibilidade de seus pertences serem usados por terceiros para fins ilícitos. Mas calma! Agindo rapidamente, você pode se livrar desses problemas.

 

Leia também:

Recebeu algum link no WhatsApp? Cuidado! Pode ser golpe

Mitos e verdades sobre o crediário

Como juntar dinheiro cortando pequenos gastos

 

Se você ainda não passou pela situação de perder documentos, saiba que é um imprevisto muito comum. Por isso, vamos te mostrar quais providências tomar caso passe por isso.

 

Boletim de Ocorrência

A fim de evitar futuras dores de cabeça, a primeira providência ao perceber a perda, furto ou roubo de documentos é registrar Boletim de Ocorrência. O registro pode ser feito pessoalmente numa delegacia de polícia ou virtualmente numa delegacia eletrônica.

 

Saiba que esta providência deve ser tomada o mais rápido possível para evitar golpes utilizados com o seu documento.

 

Registre nos serviços de proteção ao crédito

Assim que estiver com o B.O em mãos, procure comunicar a perda dos documentos nos serviços de proteção ao crédito, como a Boa Vista. Basta acessar o SOS Cheques e Documentos.

 

Neste serviço, você pode comunicar o desaparecimento de RG, CPF, cheques e cartões.

 

Depois de receber o seu registro de perda de documentos, a Boa Vista dispara alertas ao mercado por meio do seu sistema de crédito. Caso eles venham a ser usados por golpistas, a empresa será informada de que pode ser uma fraude.

 

Bloquear cartões e cheques

Quanto aos cartões, além do registro no SOS Cheques e Documentos, procure o seu banco ou a administradora para informar que eles não estão mais em seu poder e solicite o cancelamento. Isso evitará, por exemplo, que golpistas os utilizem para compras na internet.

 

Em princípio, o pedido de cancelamento pode ser feito por telefone ou aplicativo. Mas você precisa ver com seu banco qual seria o caminho ideal.

Se junto com os documentos foram perdidos talão ou só folhas de cheques, também avise imediatamente o banco.

 

Monitore as compras do seu cartão

Pode ocorrer de você pode não perceber de imediato a perda do cartão, facilitando o uso indevido por terceiros. Então, crie o hábito de monitorar todas as transações que você realiza com ele. Os bancos disponibilizam serviços de alerta a cada compra.

 

Agindo assim, de forma rotineira, as compras suspeitas ou não reconhecidas por você podem ser identificadas e comunicadas rapidamente ao seu banco.

 

Segunda via de documentos

Depois que todos estes avisos forem feitos, está na hora de solicitar a segunda vida de tudo.

 

Para documentos, você deverá procurar os órgãos responsáveis na cidade onde vive

.

Cartões e cheques deverão ser solicitados aos bancos. E isso já pode ser feito no momento do comunicado da perda, furto ou roubo. Cartões de loja devem ser solicitados à própria loja ou à administradora do cartão.

 

Foi vítima de fraude?

Ao constatar operações financeiras ou qualquer outra ação com seus documentos, novamente registre Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia.

 

Guarde todos os documentos que comprovem a fraude. Eles poderão ser úteis se você precisar recorrer à Justiça.

 

Dicas de segurança

Ao sair de casa, seja para trabalhar ou passear, saiba que você não precisa carregar todos os documentos na bolsa ou carteira. Se levar todos, você corre o risco de perder tudo de uma só vez. Imagina que dor de cabeça?

 

Você precisa portar somente um documento de identificação com foto.

Quanto aos cartões, você pode aderir à carteira virtual no celular e carregar apenas ele. Aliás, até documentos de identificação já podem ser carregados virtualmente.

 

Não leve o talão inteiro de cheques. Tire apenas algumas folhas.

Outro alerta é nunca entregar seus documentos a estranhos. E, se for necessário fazer isso, não descolar os olhos. Um mínimo descuido pode ser tempo razoável para golpistas os clonarem.

Mais

Comentários