O Dia das Crianças já tá pertinho, então a gente preparou algumas dicas de como economizar no presente dos pequenos!

O Dia das Crianças tá chegando, e um pouco de criatividade pode ser ótimo neste período de dinheiro curto pra presentear os pequenos sem estourar o orçamento, né?

A Boa Vista Consumidor Positivo preparou algumas dicas pra te ajudar a se organizar na hora da compra do presente das crianças. Vamos lá!

Leia também:

Como o score pode te ajudar a obter crédito

Será que você está superendividado? Faça o nosso teste e descubra

Orçamento apertado? Confira essas dicas para organizar as finanças

 Defina quanto pode gastar

Saber quanto se pode gastar antes de comprar o presente é fundamental pra não entrar no vermelho. Leve em consideração todas as contas que você já tem e o que terá de pagar lá na frente. Lembre-se que o fim do ano tá aí, hein! Portanto, fazer dívidas de muitas parcelas pode comprometer o futuro das finanças domésticas e até as festas e férias de fim de ano.

Decidido o quanto pode ser gasto, divida o valor pelo número de crianças pra saber quanto pode gastar em cada presente.

 Pesquisa dos preços

Tendo já claro o que pode ser gasto e o que pretende comprar, faça uma pesquisa de preços na internet antes de ir às lojas. O preço de um mesmo produto pode variar muito de uma loja pra outra. Com esta pesquisa, você poderá fazer a compra diretamente em uma loja on-line ou ir pra loja física já sabendo quanto irá gastar.

Não deixe para última hora

Não espere a semana do Dia das Crianças pra comprar o presente. Além de correr o risco de pagar mais caro, poderá não encontrar o que a criança quer.

 Não leve as crianças para a compra

Se você for fazer a compra numa loja física, se possível, evite levar as crianças, principalmente se houver dúvidas quanto ao pedido dos pequenos. Você corre o risco de gastar mais do que planejou, o que normalmente acontece quando as crianças estão junto.

Como pagar

Se for possível pra você, prefira fazer o pagamento do presente à vista e peça desconto se for pagar na hora. Lojas físicas dificilmente aceitam dar descontos pra pagamento no cartão, mesmo que não seja parcelado.

Agora, se a compra for em loja virtual, opte pelo uso do cartão de crédito. Ele possibilita o cancelamento do valor caso não receba a encomenda.

Custos adicionais

Alguns brinquedos terão custo extra, como por exemplo, pilhas ou baterias ou jogos para videogame. Isso significa que estes custos adicionais deverão ser somados ao valor do presente. Caso contrário, você gastará mais do que o planejado.

Não compre brinquedos piratas

Eles são muito mais baratos que os que têm selo do Inmetro, mas podem comprometer a segurança e a saúde da criança. Muitos são produzidos com matéria-prima tóxica.

Fuja de novas dívidas

Se seu orçamento doméstico já está comprometido com dívidas, opte por um plano B na hora de presentear as crianças. Pode fazer algo em casa, no Dia das Crianças, com a participação deles ou levar todos a um passeio de custo baixo, como um lanche no shopping, um piquenique no parque. É possível deixar uma criança feliz sem comprometer as finanças e ainda garantir momentos com muita diversão.

Converse com as crianças

Se o dinheiro tá curto e não vai dar pra presentear os pequenos esse ano, explique a eles a atual situação financeira da família, caso já sejam grandinhos o suficiente pra entender, é claro. Se a criança não sabe como estão economicamente, ela não tem noção do que poderá pedir. E, se não ganhar o que pediu, poderá se frustrar.

Essa conversa pode ser uma oportunidade para falar de educação financeira com os pequenos e a importância de usar o dinheiro com sabedoria!

Mais

Comentários