Novos serviços de saúde que podem caber no seu bolso

Para quem ainda não consegue pagar os gastos de um plano de saúde, existem serviços alternativos a preços acessíveis que prometem consultas e exames médicos mais baratos. 

São aplicativos para celular, cartão pré-pago de saúde e de descontos, clínicas populares e até serviços de assinatura médica. 

Mas é bom você saber que algumas destas alternativas não são reguladas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Na prática, isso significa que não seguem regras que determinam, por exemplo, prazos máximos de atendimento nem de reajuste. 

Por isso, antes de contratar estes serviços é importante entender exatamente quais são os termos. Também é importante ressaltar que a maioria destas alternativas em saúde não oferece atendimento de pronto-socorro. 

Portanto, se você optar por estes tipos de atendimentos, o ideal é ter uma reserva financeira suficiente para bancar gastos não cobertos. 

A Boa Vista mostra a você algumas opções de atendimento médico com preços que podem caber no seu bolso.  

Aplicativos e sites de consulta médica 

Vários aplicativos e sites oferecem a possibilidade de marcar consultas médicas e fazer exames com preços acessíveis e rapidamente. Eles conectam pacientes, médicos e laboratórios de diversas especialidades. Ao buscar atendimento médico deve ser informada a sua localização e a área da saúde que necessita. 

Nenhum site e tampouco os aplicativos cobrem emergência hospitalar. O próprio paciente deverá fazer o pagamento do procedimento diretamente ao profissional ou à clínica e laboratório. 

Cartão saúde 

Há dois tipos de cartão saúde: pré-pago e o de desconto. O pré-pago funciona da mesma forma que o vale alimentação: é carregável.  

Ao aderir a uma empresa que atua neste segmento, pagar a taxa de adesão (que pode ser uma taxa inicial, uma mensalidade ou anuidade), você carrega o cartão com um valor livre ou determinado pela empresa e passa a ter acesso a consultas médicas e laboratórios com desconto. O pagamento do atendimento será feito por você diretamente ao profissional por meio do cartão já carregado. 

Já no cartão de desconto você também paga taxa de adesão ou mensalidade ou anuidade para a empresa que trabalha com este tipo de serviço e recebe o cartão que poderá ser utilizado para ter descontos em consultas ou outros serviços médicos. 

A diferença é que no cartão de desconto você negocia com o médico, consultório ou laboratório o meio (dinheiro, cheque, cartão) e a forma de pagamento (à vista ou parcelado). 

As empresas que ofertam o cartão saúde, geralmente, têm uma rede conveniada e os consumidores só poderão usá-lo nela. Em ambos, o atendimento costuma ser o básico. 

Se você achar interessante usar este tipo de atendimento médico, saiba que a ANS, que regula as operadoras de planos, disponibiliza em seu site uma cartilha explicando as diferenças entre os dois serviços e os cuidados que o consumidor deve ter ao optar pelos cartões.  

Clínicas populares 

O número de clínicas populares vem crescendo significativamente tanto nas capitais quanto no interior. 

Elas oferecem saúde de baixo custo e, algumas, realizam pequenas cirurgias em hospitais por meio de parcerias, como cesárea, partos, operação de hérnia e retirada de pedra na vesícula. 

O consumidor paga o atendimento diretamente na clínica e tem a possibilidade de saber antecipadamente o valor de cada procedimento antes de realizá-lo. 

Saúde colaborativa 

Este conceito tem como objetivo cortar gastos além de ajudar o próximo. É isso que propõem algumas plataformas que simplificam a busca por atendimento médico. Elas se limitam a aproximar profissionais médicos e laboratórios parceiros aos pacientes para o agendamento de consultas, exames e procedimentos sem nenhum custo para o paciente. 

O funcionamento é simples: você faz o cadastro na plataforma, escolhe o exame ou o tipo de consulta que precisa fazer e informa o dia e o horário. A plataforma mostra as opções disponíveis de locais, valores e formas de pagamento. É você quem decide em qual vai e agenda seu atendimento de forma online. 

Assinatura de saúde 

Também há algumas empresas que atuam com serviços de assinatura de saúde. Elas também fazem a intermediação entre consumidores, laboratórios e hospitais, mas cobram assinatura mensal ou anual.  

Em contrapartida, oferecem rede de médicos e estabelecimentos a um custo acessível. 

Algumas têm parcerias com hospitais para a realização de cirurgias e atendimento em pronto-socorro com preços mais baixos do que os cobrados de forma particular. 

Para mais informações e dicas de Educação Financeira e Orçamento Doméstico siga a Boa Vista no Facebook e acesse o site consumidorpostivo.com.br 

Mais

Comentários