Diminua os gastos que pesam no seu orçamento

Com pequenas mudanças no seu orçamento familiar você pode eliminar gastos que parecem pequenos, mas que no fim do mês pesam no seu bolso, e usar esse valor para outros fins, até mesmo para uma poupança. Para isso, é preciso fazer uma análise detalhada de tudo o que sai de dinheiro mensalmente do seu orçamento para identificar alguns gastos que podem ser reduzidos ou até mesmo eliminados.

Não sabe como fazer isso? A Boa Vista dá algumas sugestões para que você analise seu orçamento doméstico e reduza ou corte itens que podem fazer a diferença no seu bolso. Confira:

Taxas e tarifas bancárias

Muitos bancos disponibilizam conta corrente gratuita e pacotes de serviços sem custos, sendo uma boa opção para evitar o pagamento de taxas e anuidades.

Algumas contas digitais também são livres de tarifas e podem ser uma boa se você não precisa de atendimento pessoal nem de limites altos para transferências ou pagamentos.

Dicas sobre as tarifas cobradas pelos bancos, clique aqui

Serviços por assinatura

Às vezes assinamos vários serviços de assinatura, como TV a cabo e streamings de filmes e músicas, porém só usamos um ou dois. Então, vale a pena parar para pensar se não é melhor cancelar os que não estão sendo usados, ou escolher um pacote mais em conta.

Nessa análise também podem entrar outros serviços que você paga mensalmente, como revistas, jornais, etc. Muitos veículos de comunicação disponibilizam acesso online aos conteúdos de forma gratuita.

Estacionamento

Já fez o cálculo de quanto você gasta mensalmente de estacionamento de carro? Pode ser compensador financeiramente optar por transporte público e até aplicativos de mobilidade urbana. Faça um teste e veja quanto custaria usar estes serviços mensalmente e analise seus gastos somando o valor do estacionamento, combustível e outras despesas para usar seu próprio carro.

Plano de celular

Revise seu plano de celular e veja se usa realmente tudo o que está contratado. Se perceber que não precisa de tudo, mude para um que tenha custo menor e que irá atender as suas necessidades.

Mas cuidado nesta troca: se tiver de pagar por serviços extras, com certeza irá gastar mais do que o seu plano atual.

Juros de contas pagas com atraso

Se você é daqueles que vira e mexe esquece de pagar uma conta e, aí, vêm os juros e a correção monetária por não ter quitado no vencimento, coloque o que puder em débito automático. O que não puder, coloque um lembrete no celular sobre o dia do vencimento.

Só fique atento ao saldo de sua conta corrente para os débitos automáticos e, assim, não cair no cheque especial.

Cafés e lanches

Os gastos com refeições fora de casa são os itens que mais pesam no bolso. Você não precisa eliminá-los totalmente da sua rotina, afinal, é sempre muito legal comer fora com quem você gosta, mas é possível reduzir esses gastos.

Faça as contas de quanto custa por mês um cafezinho diariamente e verá que poderá economizar um bom dinheiro para poupar ou comprar algo que tanto deseja.

Quanto aos lanches entre as refeições, leve frutas, snacks, castanhas ou barras de cereais de casa. Ao comprar em quantidade, fará uma bela economia.

Faça uma planilha

Você conseguirá ver quanto economiza num mês se fizer uma planilha específica para estes gastos. Conforme for eliminando algumas destas despesas, vai ter a noção de quanto de dinheiro sai no mês para produtos e serviços que poderão não fazer tanta diferença na sua vida.

Para mais informações e dicas de Educação Financeira e Orçamento Doméstico siga a Boa Vista no Facebook e acesse o site consumidorpositivo.com.br

Mais

Comentários