Dicas para economizar nas festas de fim de ano

O fim de ano está quase aí, e os gastos dessa época não se resumem à compra de presentes de Natal para familiares e amigos, viagens e compra de roupas novas para as festas. Geralmente também tem muitos gastos com a preparação dos comes e bebes para as ceias e almoços de Natal e Ano-Novo.

E não há nada mais gostoso do que curtir com a família, amigos e comemorar mais um ciclo que se fecha, não é? Mas se não houver planejamento para esses gastos, o risco de entrar o novo ano no vermelho é muito grande e poderá afetar seus planos futuros.

Então, a Boa Vista vai dar algumas dicas para que você celebre as festas de fim de ano da melhor maneira possível e comece 2020 no azul.

Planeje bem as compras

O melhor começo para um bom planejamento para as compras de fim de ano, incluindo presentes, alimentos, bebidas e viagens, é conversar com a família para que, juntos, decidam o que realmente é necessário comprar.

Feito isso, prepare uma planilha de gestão de orçamento familiar para registrar todas as contas e ganhos. Assim, você saberá exatamente quanto dinheiro tem e quanto poderá gastar sem entrar no vermelho.

Não esqueça de colocar as dívidas que já foram feitas para ter clareza nos valores disponíveis e evitar deixar de pagar uma delas.

No site Consumidor Positivo da Boa Vista você encontra um modelo de planilha para começar o seu planejamento em prática. Aproveite e baixa agora, é de graça!

Lista de compras

Já sabendo o quanto terá disponível para as festas de fim de ano, prepare uma lista de presentes e de gastos no supermercado, incluindo quantidade, para não comprar produtos em excesso.

Compras antecipadas

Não deixe para fazer as compras muito em cima das festas. Isso o deixará sob pressão e as escolhas poderão ser impulsivas e você, provavelmente, gastará mais do que o planejado.

Quanto à comida e bebida, como panetone, algumas frutas, nozes e outros produtos tradicionais da época, poderá pagar mais caro se for comprar dias antes da festa. Eles sobem muito de preço à medida que chega o Natal.

Festas colaborativas

Se você irá receber os amigos e parentes em sua casa para as comemorações de fim de ano, uma boa forma de economizar é organizar festas colaborativas. Cada convidado fica responsável por um prato e de uma bebida. Assim, você não irá ficar sobrecarregado financeiramente. Isso também vale se sua família for convidada para passar as festas em outra casa.

Amigo secreto

É bem provável que seja impossível financeiramente para você presentear todas as pessoas que gosta. Então, pense na possibilidade de organizar um amigo secreto entre os participantes das festas. Assim, todos sairão com um presente e ainda será possível limitar os valores que podem ser gastos com presentes, resultando em menores despesas.

Comparativos de preços

Antes de ir para as lojas e supermercados, acesse os comparativos de preços na internet (há também para supermercados) e faça uma pesquisa dos valores do que pretende comprar. Essas ferramentas virtuais mantêm gráficos com históricos de preços, o que ajuda a saber se o preço do item desejado subiu ou caiu nos últimos seis meses.

Você também pode fazer as compras em lojas virtuais, com antecedência, para não correr o risco de o item não chegar a tempo. Os preços virtuais costumam ser cerca de 20% mais barato do que nas lojas físicas.

Pague à vista

Pagar à vista pode render descontos nos preços, então é uma boa dica, sempre que possível, é claro. Se você está com dinheiro na mão, não tenha vergonha de pechinchar, pedir descontos no que estiver comprando, principalmente se for presente. Em supermercados isso não funciona.

Moderação no uso do cartão de crédito

Só pague com cartão de crédito se tiver a certeza de que terá dinheiro para quitar a fatura total no próximo vencimento. Se pagar só uma parte do boleto, a sua dívida será acrescida dos juros mais altos do mercado.

Cuidado com as promoções

Se vir uma promoção de algo que não estava na sua lista, tente não cair na tentação para não comprometer seus ganhos nos próximos meses.

Lembre-se que o início de ano é cheio de despesas, como mensalidade e material escolares, férias e impostos, como IPTU e IPVA.

Para mais informações e dicas de Educação Financeira e Orçamento Doméstico siga a Boa Vista no Facebook e acesse o site consumidorpostivo.com.br

Mais

Comentários