Como usar o parcelamento do cartão de crédito

Dar aquela parcelada no cartão de crédito pode ser uma boa opção quando a gente tá com o dinheiro contado e precisa comprar algo. Mas olha, atenção: não é de parcelar a fatura que a gente tá falando aqui, hein! Até porque isso não vale a pena porque os juros são muito altos…

O parcelamento de compra é combinado na hora do pagamento e, dependendo do número de parcelas, pode ou não ter juros. Então, converse com o vendedor para saber em até quantas vezes é possível parcelar no cartão sem sem juros.

A gente separou algumas dicas pra você sobre o parcelamento no cartão. Confira!

Como funciona o parcelamento

É parecido com o bom e velho crediário. Só que em vez de você receber um carnê ou boletos, o valor de cada parcela é lançado na fatura do seu cartão de crédito. Na hora do pagamento é fundamental pagar a totalidade da fatura, para não cair no crédito rotativo do cartão, que tem juros altíssimos. Então, o indicado é só parcelar a fatura em último caso (bem último mesmo!).

Pra parcelar a compra no cartão, diga a quem está te vendendo que você deseja dividir o pagamento. Se estiver comprando pela internet, escolha a opção de em quantos meses quer dividir o valor na hora de fechar o pedido.

Nas duas situações, sempre veja a partir de quantas parcelas a compra passa a ter juros e, se o valor couber em seu orçamento, escolha pela quantidade sem nada de juros.

Limite do cartão de crédito

Pra parcelar a compra no cartão de crédito você deve ficar atento ao limite de valor a que você tem direito e, também, como o limite do seu cartão funciona.

Tem cartões que descontam o valor total da compra e, a cada parcela paga, vai retornando o limite. Vamos ao exemplo: se você tem limite de R$ 500 e faz uma compra de R$ 300 para pagar em seis parcelas de R$ 50, seu saldo para outras compras será de R$ 200.

Ao pagar a primeira parcela, seu limite sobe para R$ 250. E assim sucessivamente, até você pagar todas as prestações e voltar a ter os R$ 500 no limite.

Esta é a forma mais comum de limite das administradoras de cartão de crédito, diminuindo o risco de você acumular muitas dívidas.

Mas existem outros cartões que consideram o valor de cada parcela do mês para reduzir no limite. Usando o mesmo exemplo acima, seu limite cairia para R$ 450, já que as parcelas seriam de R$ 50. O valor de R$ 450 seria seu limite até terminar de pagar.

Como sei o limite do meu cartão?

É simples. Basta ver a fatura. Normalmente ela traz a informação do valor máximo para gastos. Ou, então, pergunte ao emissor do seu cartão por meio dos canais oficias de atendimento ao consumidor.

Posso pedir o aumento do limite?

Sim. Pra isso é preciso falar com a Central de Atendimento do emissor do cartão ou fazer a solicitação pelo próprio aplicativo da administradora. Normalmente, também é preciso comprovar aumento de renda.

Alguns bancos aumentam automaticamente o limite mensal disponível a partir dos gastos com o cartão.

É possível fazer uma compra de valor acima do limite solicitando “análise emergencial de crédito”. Mas o aumento do limite só vai valer para a aquela compra e poderá haver cobrança de juros. Então é bom pensar bem se vale a pena!

Parcelamento sem juros realmente existe?

Mais ou menos. O que às vezes acontece é que, quando uma loja anuncia um produto que pode ser pago no cartão em x vezes sem juros, ela já adicionou os juros no preço do produto. A explicação está no CET (Custo Efetivo Total).

Os juros aplicados no preço do produto, na verdade, são pagos até por quem não faz pagamento em parcelas. Portanto, se você for pagar à vista, não tenha vergonha de “chorar” um descontinho!

Vale a pena parcelar com cartão?

Muitas vezes sim, mas sair por aí parcelando tudo é risco enorme de descontrole financeiro, pois você pode acabar comprometendo mais do que pode pagar mensalmente e, aí, acabar indo parar no crédito rotativo, virando uma bola de neve. Então, juízo e planejamento, hein!

Pra mais informações e dicas de Educação Financeira e Orçamento Doméstico siga a Boa Vista no Facebook!

Mais

Comentários