1º emprego: aprenda a cuidar do dinheiro para realizar sonhos

O tão sonhado primeiro emprego chegou. Ele é o primeiro contato dos jovens com o dinheiro por meio do trabalho e não mais de mesadas ou extras recebidos de familiares para curtir o final de semana.

É comum que o primeiro salário seja destinado para a compra de algum “sonho de consumo”, como um tênis da moda ou aquela viagem no feriado com os amigos, mas é essencial que após fazer essa extravagância seja feito um planejamento para os próximos salários e para que este tipo de atitude não vire rotina ou uma forma de recompensa por ter trabalhado duro durante o período.

Para realizar seus sonhos no futuro é preciso focar e planejar desde o primeiro emprego e pra isso a Boa Vista preparou algumas dicas para você cuidar do seu dinheiro e curtir a vida numa Boa.

 

  1. Não gaste mais do que ganha

Pode parecer óbvio, mas junto com o primeiro emprego, chega também a abertura de uma conta corrente e linhas de crédito (cartões de crédito, crediários, empréstimos etc.). É importante manter os pés no chão e não se enrolar gastando o saldo da conta e os limites de crédito.

 

  1. Coloque tudo no “papel”

Coloque no papel ou planilha todos os seus rendimentos e todos os gastos, desde o pagamento da fatura do cartão até o docinho após o almoço. O celular pode ser um aliado, pois fica mais fácil anotar tudo com algo que está sempre à mão. Para ajudar nessa tarefa, você pode consultar nosso modelo de planilha do orçamento doméstico.

 

  1. Invista em educação

Para crescer na carreira, conquistar cargos e salários maiores, o ideal é investir parte do salário em cursos que possam agregar ao seu currículo, como: idiomas, graduação, intercâmbios e profissionalizantes. O resultado costuma aparecer a médio ou longo prazo e o conhecimento adquirido permanecerá durante toda a carreira, diferentemente de um item comprado que depois de um tempo sofre desvalorização.

 

  1. Crie o hábito de investir parte do salário

A vantagem de quem está ingressando no mercado de trabalho é a ausência de hábitos ruins para o bolso neste momento. Um erro comum é achar que se deve guardar apenas o que “sobra” do salário; o ideal é programar um valor fixo que deve ser depositado mensalmente. É possível deixar programado para que o valor seja debitado automaticamente em sua conta corrente.

 

  1. Estabeleça metas

Seja aquela viagem de férias dos sonhos, um intercâmbio para o exterior ou um carro novo, estabelecer metas pode ajudar para que você se programe. Faça cotações e veja quanto é preciso guardar todos os meses para conquistar o que quer.

 

  1. Reserva de emergência

Destine uma parte do que receber para uma poupança de emergência. É uma forma de conseguir agir com mais tranquilidade em eventuais problemas que possam surgir, como: perder o emprego, gastos extras com saúde ou roubo.

 

  1. Tipos de aplicações financeiras

Buscar informações sobre as melhores opções de investimento, de acordo com o seu perfil, faz parte da sua educação financeira e da meta de construir um patrimônio a médio ou longo prazo. J

 

Para ficar craque em educação financeira, curta a nossa página no Facebook e fique numa Boa!

Posts relacionados

1º emprego: aprenda a cuidar do dinheiro para realizar sonhos

O tão sonhado primeiro emprego chegou. Para realizar seus sonhos, a Boa Vista preparou algumas dicas para você cuidar do seu dinheiro e curtir a vida numa Boa.

Contas de início de ano: planeje-se para não comprometer seu orçamento em 2019

Janeiro chegou e, com ele, as despesas de início de ano: IPTU, IPVA, material escolar e rematrícula. Para começar o ano numa Boa, siga nossas dicas.

Material Escolar: dicas para comprar sem prejudicar seu orçamento

Janeiro chegou e com ele a lista de material escolar dos pequenos. Para ajudar você na hora de ir às compras, preparamos algumas dicas da Boa.