Score

Como se divertir passando o tempo com as crianças na quarentena

Em época de confinamento onde os adultos precisam de criatividade para entreter as crianças, existe uma ótima oportunidade de brincar e ao mesmo tempo ensiná-las sobre finanças.

Aqui temos quatro brincadeiras que vocês, adultos, podem fazer dentro de casa e se divertirem juntos:

1

Brincando de supermercado ou loja

Idade: acima de 6 anos

O que vai precisar?

Brinquedos, mantimentos, objetos em geral, dinheiro de mentira, caneta e papel sulfite

Como brincar?

Espalhar esses objetos em algum lugar da casa, um dos adultos será o vendedor e as crianças os compradores, o outro adulto auxiliará a criança nas compras.

Fazer uma lista com a criança de necessidades básicas e outra supérfluas. Entregar uma quantia em dinheiro de mentira para a criança e explicar o valor de cada coisa, o que de cada lista é mais importante, o que precisa comprar sempre e às vezes, e deixar ela contabilizar o valor com a supervisão do adulto. Assim ela aprende o valor das coisas, o que é necessidade e não é, além de dar dinheiro e aprender a receber troco.

Objetivo da brincadeira

Para as crianças é uma oportunidade de ensinar como calcular o troco e ainda ensinar como lidar com a vontade de sair comprando tudo por impulso e acabar sem dinheiro.

1

Brincando de separar moedas

Idade: acima de 5 anos

O que vai precisar?

Um saco plástico transparente, moedas de diversos valores, gel, fita adesiva e caneta.

Como brincar?

Os adultos desenham no saco plástico 3 círculos grandes e qual o valor em moeda aquele círculo representa. Por exemplo: R$ 0,25, R$ 0,50 R$ 1,00. Enche o saquinho com gel, coloca as moedas dentro e fecha com a fita adesiva.

As crianças precisam separar as moedas dentro do círculo que são iguais os valores representados, quem fizer mais rápido ganha. Além de poder somar com a criança os valores de cada círculo ao final.

Objetivo da brincadeira

Apostar em brincadeiras com números, ajudando assim a deixar o conceito da matemática mais concreto na cabecinha deles.

3

Brincando de valores

Idade: acima de 6 anos

O que vai precisar?

Papel sulfite, caneta, fita adesiva, revistas, tesoura e cola.

Como brincar?

Os adultos colocam diferentes valores em folhas de sulfite e colam na parede, por exemplo: R$ 10,00, - R$ 50,00, entre R$ 100,00 e R$ 500,00 + de R$ 1.000,00, + R$ 10.000,00.

Depois os adultos recortam vários objetos de diferentes valores da revista, e depois propõe a criança dar palpites sobre os valores de cada objeto.

Os adultos junto das crianças vão colando nas folhas os objetos dentro dos valores que acham que correspondem. Ao final os pais conversam com as crianças dizendo o que ela acertou e errou.

Objetivo da brincadeira

Trazer noção de preços para as crianças, não em seu valor real, mas entender a diferença do valor de um sapato para um pacote de balas, por exemplo, o que custa muito, e o que custa pouco.

4

Ensine seu filho a doar

Idade: acima de 5 anos

O que vai precisar?

Brinquedos, livros, roupas e mantimentos que os adultos estejam dispostos a doar

Como brincar?

Essa brincadeira, é mais um incentivo, algo que vem junto com a responsabilidade financeira é a responsabilidade social.

Então separe um tempo com a criança e faça ele participar da separação de objetos para doações, sendo que, cada objeto, ou a cada três, quatro, estipule uma quantidade, que ele gostar muito e quiser ficar, ele precisa doar um objeto para alguém que não tem nenhum.

Objetivo da brincadeira

Ensinar seu filho a doar uma certa quantia é ótimo para que ele ganhe consciência social, empatia e aprenda a dividir. A doação pode vir de forma financeira ou então, doando brinquedos, roupas e livros. De qualquer forma, toda doação auxilia a educação financeira com um todo.

Adultos, e depois das brincadeiras, que tal consultar seu CPF?